10 gafes imperdoáveis que alguns noivos cometem em seus casamentos

Geralmente quem se casa não tem experiência do que pode ou não pode fazer em um casamento, por isso, vale a pena pesquisar um pouco antes de dar inicio aos protocolos que envolvem esse momento tão especial. Assim como os convidados cometem algumas gafes imperdoáveis, como por exemplo, levar pessoas que não foram convidadas para a festa e celebração da união, alguns noivos também “erram na mão” e fazem papelão com alguns pedidos aos convidados ou ações ao longo do processo de organização de um casamento.

Leia também: 10 coisas que jamais devemos falar para a noiva
Conheça as 10 músicas para casamento mais buscadas na internet
Casamento civil para quem quer gastar pouco
Dicas para aliviar a ansiedade antes do casamento

Para não passar vergonha e cometer erros constrangedores, confira 10 gafes imperdoáveis que alguns noivos cometem em seus casamentos:

10 gafes imperdoáveis que alguns noivos cometem em seus casamentos

10 gafes imperdoáveis que alguns noivos cometem em seus casamentos (Foto: Ilustração)

1 – Pedir presentes específicos para padrinhos

É mais comum do que imaginamos esse tipo de situação onde o casal faz o convite e já pede o presente. Alguns pedem cotas em dinheiro para os padrinhos, outros pedem eletrodomésticos para a casa (geralmente os mais caros). É simplesmente constrangedora essa situação, pois os padrinhos nem sempre tem condição de arcar com esses gastos e ficam sem jeito de recusar o pedido.

Pense que os padrinhos vão gastar com trajes, maquiagem e cabelo (no caso das mulheres), fora transporte para a festa de casamento. Em alguns casos, padrinhos e madrinhas são de longe e acabam tendo gastos com hospedagem, além dos gastos que mencionamos acima. Por isso, o mais correto é deixa a critério de cada um o que vai te dar de presente de casamento.

10 gafes imperdoáveis que alguns noivos cometem em seus casamentos

Cuidado com os seus pedidos (Foto: Ilustração)

2 – Pedir dinheiro no lugar do presente

Há relatos que chegaram ao blog de pessoas que mandaram o convite de casamento e um recadinho pedindo para cada candidato depositar um valor em dinheiro para ajudar os noivos com o pagamento das contas da festa. Impor aos convidados um valor em dinheiro como presente é uma tremenda falta de noção de etiqueta.

Se você já tem tudo que precisa para a casa, o jeito mais adequado de dar como opção de presente cotas em dinheiro é fazer listas em sites como o iCasei ou Pronto Casei.com que permite a confecção de uma lista de presentes fictícia, com imagem de produtos reais e valores similares aos encontrados nas lojas.

A diferença é que esse valor referente ao produto vai para uma conta no site e pode ser resgatado pelos noivos. Assim a pessoa acessa o site, escolhe um produto que esteja dentro do seu orçamento e os noivos tem esse valor em reais para usar como bem entender. É claro que o site fica com parte desse valor (geralmente entre 5% e 15%), mas é uma opção mais adequada do que mandar recado para os convidados darem presentes em dinheiro.

Agora, se o convidado perguntar para você se prefere algo para casa ou dinheiro não há problema em ser sincero e dizer o que vai te ajudar mais, desde que você não imponha valores ou tipo de presente que deseja ganhar da pessoa.

10 gafes imperdoáveis que alguns noivos cometem em seus casamentos

Lista de casamento com somente presentes caros é imperdoável (Foto: Ilustração)

3 – Colocar somente presentes caros na lista

A lista de casamento com opções de presentes feitas em lojas como Magazine Luiza, Casas Bahia e Ponto Frio são bem populares entre noivos justamente por dar a chance da pessoa escolher um presente que será útil para o casal e sem repetições, uma vez que o item comprado é removido da lista. O grande problema é quando o casal resolve dar opções muito caras.

Ao fazer a sua lista de presentes escolha produtos de todos os valores, dos mais baratos aos mais caros, assim quem quiser dar algo mais significativo vai comprar sem o menor problema, mas quem está com o orçamento apertado comprará algo que será usado pelo casal e dentro do que cabe no seu bolso.

Quem só dá opções caras acaba ganhando produtos fora da lista. Também é comum as pessoas ganhar o mesmo produto várias vezes porque as opções mais baratas eram poucas e, sem muita alternativa, os convidados optam por comprar algo repetido e mandam a nota fiscal junto para que o casal faça a troca por outro produto depois.

10 gafes imperdoáveis que alguns noivos cometem em seus casamentos

Convidar para o chá de cozinha e não convidar para o casamento cria uma situação muito chata (Foto: Divulgação)

4 – Convidar para o chá de cozinha e não convidar para o casamento

Com certeza se casar é caro e não dá para chamar todas as pessoas que você gostaria que fizessem parte desse momento especial, mas convidar a pessoa para o chá de cozinha (ou confraternização similar) e depois não a chamar para a celebração do casamento ou para a festa é bem deselegante e constrangedor.

Mesmo que a intenção seja compensar essa falta de oportunidade de chamar a pessoa para o seu casamento a deixando participar de outro momento legal do seu matrimônio, isso pega mal. Para quem vê de fora vai parecer que você só quer ganhar presente e na hora de ter gasto com a pessoa na festa de casamento acaba a descartando e não a convidando. Por isso, ou convide para tudo, ou para nada ( o mesmo vale para quem chama algumas pessoas para a cerimônia e festa; e outras somente para a celebração religiosa).

10 gafes imperdoáveis que alguns noivos cometem em seus casamentos

Cuidado com os pedidos mirabolantes (Foto: Divulgação)

5 – Pedidos mirabolantes

O casamento precisa estar dentro das expectativas dos noivos e muitas vezes é necessário que os envolvidos façam alguns sacrifícios. O grande problema é que alguns pedidos são mirabolantes e fora da realidade, o que causa um constrangimento desnecessário. Exigir um modelo de roupa, uma cor de vestido para as madrinhas, um estilo de penteado, até aí tudo bem (desde que isso seja avisado com muita antecedência para que aja planejamento por parte dos convidados).

No entanto, exigir que as madrinhas comprem um vestido de uma determinada marca que custa tão caro quanto o vestido da noiva, ou fazer com que os padrinhos loquem o traje em uma loja super longe e ainda pagar caro por isso é desnecessário. Reflita bem sobre os pedidos que você vai fazer para os padrinhos e envolvidos em seu casamento antes de fazê-lo e veja se de fato é necessário tudo isso e o quanto vai interferir na vida das pessoas essa situação.

10 gafes imperdoáveis que alguns noivos cometem em seus casamentos

Pagar para levar uma pessoa no casamento é no mínimo chato (Foto: Divulgação)

6 – Pagar para levar um acompanhante

Outra situação que sempre gera dúvida é como proceder quando um convidado pede para levar um acompanhante no seu casamento (que muitas vezes nunca te viu na vida). Já aconteceram casos que chegaram até o blog em que a noiva pede para que o convidado pague o valor do buffet para poder levar essa pessoa a mais no casamento. A situação é meio chata e gera muito desconforto, pois fica parecendo que o casal está cobrando entrada para o casamento.

Casamento não é como formatura que se cobra pelo convite. Se você acha que vai pesar no orçamento atender esse pedido do seu convidado, ou se quer somente pessoas em seu casamento que de fato conheça o casal não é chato ser sincero e dizer que a lista de convidados foi fechada e não pode ter pessoas agregadas, mas pega mal cobrar pela presença desse convidado inesperado (assim como é chato pedir para levar pessoas que não foram convidadas a um casamento).

10 gafes imperdoáveis que alguns noivos cometem em seus casamentos

Bancar a noiva indecisa não é legal, por isso, tenha cuidado (Foto: Divulgação)

7 – Ficar trocando a data junto ao fornecedor

Alguns noivos fecham no impulso com os fornecedores e depois resolvem mudar a data do casamento por motivos superficiais. É claro que se aconteceu algo trágico de última hora que impossibilite o casamento de acontecer na data firmada em contrato com os fornecedores o mais correto é adiar e buscar uma data que seja boa para ambas partes no futuro (ou a devolução de parte do dinheiro).

O que não pode acontecer é ficar o tempo todo achando que pode mudar a data do casamento porque pagou o fornecedor parcialmente ou até integralmente. Leia o contrato atentamente e veja quais são os seus deveres como contratante e os seus direitos. Geralmente, quem troca a data do casamento por motivos fúteis acaba tendo que arcar com uma multa e ainda terá que alinhar a nova data com a agenda do fornecedor.

10 gafes imperdoáveis que alguns noivos cometem em seus casamentos

Bancar a noiva indecisa não é legal, por isso, cuidado (Foto: Divulgação)

8 – Atraso da noiva

É quase uma tradição a noiva atrasar, mas tudo tem que ser ponderado. Algumas igrejas estão multando as noivas que se atrasam, mas mesmo que não ajam multas, a dica é não se atrasar muito (ou nada, se possível). Deixar o convidado por horas esperando a sua boa vontade de entrar na igreja é inaceitável. Se quiser fazer um charme com relação ao horário, marque no convite o horário do casamento adiantado. Por exemplo: se o casamento acontecer às 20h marque no convite 19h40 e chegue no horário correto.

9 – Exageros na brincadeira da gravata ou sapatinho

Cuidado com os exageros na hora da brincadeira da gravata (Foto: Divulgação)

9 – Exageros na brincadeira da gravata ou sapatinho

Algumas consultoras de casamento acham chato fazer essas duas brincadeiras, mas faz parte da tradição do casamento e acaba sendo um momento aguardado na festa. O problema é quando os noivos exageram nesse momento e causam constrangimento.

Mandar recado para os convidados não se esquecerem de levar dinheiro para essas brincadeiras é bem desagradável. Também é chato ficar forçando o pagamento por um pedaço da gravata daqueles que não estão a fim de fazer parte da brincadeira. Tudo pode ser feito com alegria, desde que não tenha excessos.

10 gafes imperdoáveis que alguns noivos cometem em seus casamentos

Tenha cuidado com o excesso de bebida (Foto: Ilustração)

10 – Beber demais na festa de casamento

Nesse momento de confraternização a bebida acaba sendo algo que aparece em muitas festas. No entanto, ao casal de noivos é necessário cautela e moderação para não perder a linha e beber até passar mal. Consumir uma bebida ou outra ao longo da festa é natural, o que não pode é tomar aquele baita porre e deixar de aproveitar o seu grande dia por causa disso. Outra dica é sempre comer antes de começar a beber, assim o efeito do álcool demora mais para dar as caras.