Casamento barato: como fazer?

Você vai se casar, mas não pode gastar muito na festa? Saiba que há ideias para quem está casando sem grana que podem te ajudar a economizar na comemoração sem ter que abrir mão de seu sonho. Para fazer um casamento econômico, é preciso pensar em cada detalhe com o objetivo de realizar uma festa simples, mas com elegância. Confira as dicas:

casando sem grana

Casamento barato: como fazer? (Foto: Divulgação)

– Hora e lugar

Um casamento barato pede atenção primeiramente à data da cerimônia. Opte por se casar no verão, por exemplo, em que a festa pode ser realizada ao ar livre. Ou ainda, prefira o sábado à sexta-feira ou domingo, também com o objetivo de poupar ao escolher um dia menos badalado. Se tiver um conhecido que possa te alugar uma chácara com um preço melhor, aproveite. Caso não, veja se é possível utilizar o salão de festas de seu próprio condomínio para gastar pouco ou nem gastar no aluguel do local para a festa.

– Convidados

Um casamento econômico pede economia na escolha dos convidados também. Concentre-se em convidar a sua família mais próxima – os primos de terceiro grau que você não tem contato há dez anos, não precisam estar nessa lista. Em segundo lugar, vem os amigos mais íntimos da família. E pronto. Se você está casando sem grana, quanto mais intimista for a cerimônia e festa melhor.

– Comida e decoração

A decoração de um casamento econômico pode ser feita por você mesma. O mesmo vale para os docinhos e o bolo de casamento que você pode pedir como presente de casamento para aquela tia que sempre faz os bolos de aniversários da família. Quanto ao vestido de noiva, escolha modelos que não são de primeiro aluguel ou opte por um modelo mais minimalista que possa ser feito por uma costureira que você conheça. Noivos que estão casando sem grana também podem optar por uma lembrancinha mais barato, como um bem-casado caseiro e ainda produzir seus próprios convites de casamento.

Leia também: Personal pechincha ajuda noivos a economizar no casamento

                       Convites de casamento

gastar pouco em casamento

Economizar em um casamento não é uma missão impossível (Foto: Divulgação)

Casando sem grana: aprenda a fazer uma decoração barata

Quem está casando sem grana precisa pensar em todos os pontos da festa para economizar em todos os detalhes possíveis. Desde a data do casamento, local da festa, guloseimas, comidinhas e bolo até o vestido da noiva e daminhas. Um item que é essencial para quem quer fazer uma comemoração de casamento – e que pode custar muito pouco ou elevar o valor da festa – é a decoração. Veja como economizar nesse ponto:

Se você vai se casar ao ar livre, em uma chácara, por exemplo, use a própria natureza a seu favor. Árvores, arbustos e jardins do local podem ser utilizados para compor uma decoração rústica e diferente. Você pode comprar laços de juta e outros materiais como laços de cetim para decorar as árvores, além de comprar flores naturais para dar um ar romântico – deixe as floriculturas de lado, vá até centrais de abastecimento ou armazéns. A Ceagesp de São Paulo, por exemplo,  conta com uma Feira de Flores em São Paulo e em cidades do interior paulista. Pode ser uma opção para quem não quer abrir flores no casamento, mas não quer gastar muito.

Quando se faz um casamento econômico, menos pode ser mais. Por isso, nada de exageros na decoração. A criatividade deve ser a palavra de ordem para ter uma decoração barata e delicada. Vá até casas de arte e artesanato e compre vasinhos para decoração ou caixinhas de madeira, coloque raminhos de flores e plantas e laços e solte toda a sua criatividade. Você pode convocar as madrinhas e amigas próximas para te ajudar com a decoração.

Um casamento barato não significa que você vai deixar de lado as lembrancinhas, que aliás, também podem compor a decoração da festa, nas mesas de convidados e mesas de docinhos. Uma dica é comprar saquinhos transparentes e coloridos para colocar docinhos, com um pequeno cartão com os nomes dos noivos presos a um laço de fita.

Economizar no dia da noiva: dicas

Um casamento barato com dia da noiva? Sim, é possível. Mas para isso, você precisará agendar tudo um bom tempo antes, pesquisar diversos salões de beleza de sua cidade e abrir mão do que não for essencial.

Um pacote básico de dia da noiva deve incluir a maquiagem, o penteado, manicure e pedicure e, claro, um bom banho de banheira para relaxar.  Massagem também é uma delícia, mas se você nunca fez uma massagem no salão que marcou o dia da Noiva é melhor não arriscar. Vai que você fique com as costas doendo, pode ficar difícil fazer aquele passo de dança tão trabalhado e que você está ensaiando há meses.

Alguns serviços como depilação, por exemplo, não precisam estar inclusos no dia da noiva, até porque é melhor você não deixar tudo para o mesmo dia, ainda mais se já tiver um lugar de confiança em que faça sua depilação e houver algum risco de você desenvolver alguma alergia a um produto da cera depilatória. O mesmo vale para as sobrancelhas. Faça antes, no salão que está acostumada. Vai sair mais barato e evitar uma surpresa.

Confira também se quem faz os testes de maquiagem e penteado é o mesmo profissional que irá fazê-lo no dia da festa. Isso é importante para garantir que tudo saia exatamente como planejado. Para economizar no dia da noiva, a limpeza de pele também pode ser feita separadamente. Você pode comprar um pacote para limpeza e hidratação da pele em um site de compra coletiva e fazê-la uma semana antes da festa. Dessa forma, você poupa um pouco mais e dá tempo para sua pele se recuperar da limpeza antes da festa. Por mais que seja tentador, escolher um salão que ofereça desde massagem, limpeza de pele e até o café da tarde no mesmo pacote, você não precisará fazer tudo isso e pode levar seu próprio lanche para comer antes da festa.

Fotógrafo de casamento mais barato

O planejamento de um casamento é essencial para garantir o melhor preço em diversos serviços como buffet, decoração, cerimonial, além dos vestidos de noiva e daminhas. Os serviços de fotografia também estão inclusos nessa lista. Deve ser visto com bastante antecedência para que os noivos consigam negociar o melhor preço, já que é um serviço que encarece muito a festa de casamento.

Um álbum de casamento é uma lembrança para toda a vida. Mesmo em uma época de selfies e fotos digitais, não se pode abrir mão de um fotógrafo ou uma equipe profissional para fazer as fotos e a filmagem de seu casamento. Como esses serviços costumam representar uma grande fatia do orçamento de um casamento, é importante pesquisar as opções bem antes da data da festa, além de conversar com amigos que se casaram há pouco tempo para ter indicações de melhores serviços.

Se encontrar um preço que pareça irreal demais, desconfie. Você pode estar casando sem grana, mas isso não quer dizer que suas fotos não tenham que ter qualidade. O serviço pode não ser bom e barato e você pode acabar com um álbum de fotos que não vai querer mostrar a ninguém. Se for pesquisar por fotógrafos online, confira se não há queixas sobre as empresas em sites de reclamações. Veja também se a empresa tem um site ou página no Facebook com fotos de casamentos e confira o que as pessoas estão falando sobre suas fotos.

Embora seja comum que se contrate o serviço de fotografia junto ao de filmagem, se você precisa fazer um casamento econômico e conseguiu achar um fotógrafo e alguém para filmar separadamente, não hesite em contratar os dois serviços. Usualmente, sai mais barato se você contratar os dois juntos, mas se não for o caso, apenas tenha certeza de que as duas empresas ofereçam um serviço de qualidade.

economia no casamento

Existem muitos meios de fazer um casamento bom, bonito e barato (Foto: Divulgação)

Buffet de casamento barato

Quando se pensa em um casamento, a comida é uma grande preocupação para os noivos, principalmente se um casamento econômico é o que se está procurando. Na busca por um buffet de casamento barato, algumas dicas podem ajudar. Confira:

Opte por um casamento em que salão e buffet já estão inclusos

Se você também está procurando um salão de festas para fazer um casamento barato, uma opção é buscar por locais que já contem com um serviço de buffet incluso. Dessa forma, você pode tentar negociar um preço melhor ao comprar os dois serviços juntos. Não esqueça que antecedência é a chave do negócio quando se está casando sem grana. Em cima da hora, fica difícil pechinchar.

Geralmente o buffet é cotado por pessoa, por isso, cuidado com a lista de convidados. Quando for planejar quem for chamar para o casamento, lembre-se que em um casamento barato, quanto menos convidados tiver melhor. Concentre-se em sua família e em seus amigos mais próximos. Converse com amigos que se casaram, pesquise em sites na internet e conheça as opções que existem em sua cidade. Mas lembre-se que o barato às vezes pode sair caro. Por isso, se você espera convidados extras para o dia da festa, faça um plano um pouco maior, para não ter que pagar mais caro por convidados além do estipulado pelo buffet. Além disso, planeje com antecedência os horários da festa, para não ter que pagar também por horas extras da equipe de garçons.

Casamento econômico não significa que sua festa não tenha que ser boa. Por isso, desconfie de preços muito baratos, e prove todos os pratos que serão servidos na festa para não ter surpresas no dia da festa. O bolo já pode ser a sobremesa da festa se você quer economizar. Além dos docinhos que enfeitarão a mesa de bolo, não são necessários outras guloseimas. Se quiser economizar pode ainda fazer uma mesa com frutas ou fondue se estiver frio. Outra opção para economizar é conferir em sites de compras coletivas se for comprar o buffet separadamente do salão de festas.

Perigos de contratar tudo do mais barato em um casamento

Se você vai se casar logo e precisa fazer um casamento econômico, saiba que precisa tomar cuidado com as pegadinhas dos preços baixos em serviços para casamento. O mercado de festas sociais movimenta bilhões por ano no Brasil e fazer um evento não custa pouco. Se encontrar um salão de festa, um fotógrafo profissional ou um buffet que custe muito pouco, desconfie.

Os perigos de contratar tudo do mais barato em um casamento podem ser percebidos somente na hora da festa, que é justamente o grande momento da noiva. O principal problema, com certeza, é a comida. Na hora de escolher o buffet, não contrate nada antes de provar todos os pratos do casamento. E se for muito barato para o padrão do que foi servido, tente conversar com outras pessoas que já fizeram sua festa com a empresa, para saber se não há diferenças entre o que é servido na prova e o que os convidados comem na festa.

Quando for escolher o salão para a festa não se deixe levar somente pelo preço. Confira se o espaço realmente será o suficiente para todos os convidados da festa, se a estrutura é adequada (banheiros e cozinhas, por exemplo) e se a decoração que você planeja pode ser feita no local.

Os noivos que estão casando sem grana também precisam tomar cuidado com despesas extras que podem surgir após o casamento. Alguns buffets cobram a mais se houver mais pessoas na festa que o combinado, ou ainda se a equipe de garçons e segurança precisa ficar mais tempo que o previsto na festa. Para evitar que isso aconteça, seja econômico nos convites. Se precisa gastar menos, convide somente quem realmente gostaria que estivesse presente na festa.

Os perigos de escolher tudo do mais barato valem igualmente para o DJ ou banda do casamento. Se achou muito barato, mas nunca os ouviu tocar, pode não valer a pena. E se for mesmo fechar com um DJ ou banda mais barata, confira o tempo de apresentação e o repertório do casamento.

economia casamento

Coisas simples que te fazem economizar

Planejamento financeiro de um casamento

O planejamento financeiro de um casamento é importante para definir o quanto os noivos esperam gastar na festa e o quanto pretendem juntar por mês para conseguir a festa que desejam. Para fazer uma festa em comemoração a um casamento, especialistas em finanças recomendam começar o planejamento dois anos antes da data marcada. Se o objetivo é fazer um casamento econômico, quanto antes os noivos começarem a poupar melhor.

Faça um pré-orçamento de tudo o que gostaria que houvesse no casamento e o número de pessoas que espera convidar e levante o quanto irá gastar para a festa. A partir disso, abra uma conta corrente conjunta e determine o quanto cada um irá contribuir para fazer o casamento acontecer. Alguns serviços precisam ser contratados com antecedência. Então, além de destinar uma parte do dinheiro para investir e poupar, separe outra parte para pagamentos que precisarão ser feitos com antecedência. Como você está poupando antes, o que puder pague à vista, mas se não conseguir descontos na negociação, parcelar um serviço da festa pode ajudar a controlar o orçamento mensal.

Lembre-se que em um casamento econômico, não há necessidade de excessos, o que não for essencial para o sucesso da festa, você pode abrir mão e não precisa entrar na contagem das despesas.

Se você está casando sem grana, aproveite também qualquer ganho extra para aumentar o dinheiro poupado, como por exemplo, décimo terceiro salário, PLR, comissões ou serviços que faça como freelancer. Evite gastos desnecessários como ceder a promoções de lojas, comer fora sem precisar ou fazer viagens não planejadas de férias.

Como a poupança rende pouco, vocês podem optar por investimentos que tenham risco baixo e que possam ser resgatados em um tempo curto. Algumas opções são os fundos de renda fixa, Tesouro Direto e Certificados de Depósitos Interbancários (CDI).

economia casamento

Algumas formas de economizar no casamento vale a pena (Foto: Divulgação)

Veja como economizar nos acessórios da noiva

Em um casamento barato, é preciso pensar em todos os detalhes cuidadosamente para conseguir o melhor custo-benefício. O vestido da noiva representa um alto valor no planejamento de um casamento, além de procurar um vestido mais barato pela internet ou já de noivas, pode-se também encontrar um modo de economizar nos acessórios da noiva.

As noivas que estão casando sem grana, não precisam deixar de lado os vários acessórios utilizados pelas noivas. As opções são muitas e variam entre anéis, braceletes, brincos, broches, coroas, flores naturais, em tecido ou em metal, gargantilhas, porta coques, pulseiras, tiaras e testeiras. Para encontrar os melhores preços, pesquise, pesquise e pesquise. E se tiver a oportunidade, além de zapear pela internet, visite lugares como a rua 25 de março, na capital paulista, local ideal para encontrar acessórios para os cabelos com preços justos.

Para economizar lembre-se também que você não precisa ir ao casamento parecendo uma árvore de Natal. Se seu vestido já tem brilho, não há porque usar um colar, o que já ajuda a minimizar os custos. Também não é necessário sonhar com o último conjunto de brincos e pulseiras que você viu naquela joalheria do shopping. Uma bijuteria com um bom acabamento já é adequada para você usar no dia do casamento, ou se tiver uma joia de família, como um brinco de pérolas da sua avó, ou o anel que sua mãe usou no dia do casamento dela, melhor ainda.

Vale lembrar que em um casamento econômico, você pode recorrer a alguns expedientes que diminuirão os custos, como alugar os acessórios de cabelo junto com o vestido e o sapato. Como você só irá usá-los uma vez pode ser uma boa ideia para poupar dinheiro.  Outra possibilidade é pedir emprestado os acessórios de amigas que se casaram recentemente e utilizá-los para compor seu look de noiva.

Vestido de madrinha de casamento pagando pouco

Os vestidos de madrinha de casamento são a principal preocupação de quem é convidada a ocupar esse lugar de honra em uma cerimônia de bodas. Geralmente é esse o item que mais pesa no bolso na hora de se preparar para a festa de casamento. Porém, é possível encontrar vestidos de madrinha de casamento pagando pouco, basta ter paciência para procurar.

Se você foi avisada sobre o casamento há pelo menos dois meses antes da festa e precisa gastar pouco com o vestido, a primeira dica é conferir em sites da internet que vendem modelos de vestido para madrinhas com preços menores que as lojas físicas. Se você quiser um modelo bem original, converse com uma costureira de sua confiança e cheque quanto ficaria para fazer o modelo e visite várias lojas de tecidos para encontrar o melhor preço.

Pesquise e compare preços antes de comprar e cheque também a reputação da loja online antes de finalizar a compra. Caso tenha pouco tempo até o casamento, confira se o prazo para chegada do produto é pequeno, uma vez que além da entrega poder atrasar, há o risco de haver algum defeito no modelo e não der tempo de fazer a troca.

Sites de anúncios como o Olx e o Bom Negócio.com também são uma opção para quem está em busca de melhores preços e não tem problema em comprar um vestido usado ou seminovo. No Facebook também há grupos de desapego, em que se podem comprar roupas usadas e em boas condições com preços bem menores que o de um vestido novo ou até mesmo mais baratas que um aluguel. Você pode conferir se há um grupo do tipo em sua região e ver se há anúncios recentes de vestidos de noiva. Ou ainda colocar um anúncio especificando o modelo que procura e ver se alguém possui um vestido do tipo para vender para você.

economize no casamento

Economizar em pequenas coisas de seu casamento (Foto: Divulgação)

Vestido de noiva barato

Quem tem o desejo de se casar, geralmente fantasia desde pequena com o vestido de noiva ideal. Imagina se terá véu ou não, se a cauda do vestido será curta ou nem vai ter, se é renda ou brilho que irão dar aquele toque especial à peça e se o ideal é investir em um decote frente única, princesa ou ainda o clássico tomara-que-caia. Ao fazer um casamento barato, o sonho de ter um lindo vestido de casamento não precisa ser deixado de lado. Basta escolher com cuidado e com antecedência, que você achará o vestido perfeito sem pesar muito no seu bolso.

– Como achar um vestido de noiva barato?

Para achar um vestido de noiva barato quando se está casando sem grana, a palavra mais importante é antecedência. Se ficar procrastinando e deixar para comprar o vestido a um mês do casamento, vai ficar difícil achar o melhor modelo. Procure com bastante antecedência e pesquise o máximo que puder para já ter o vestido em casa, bem antes da festa e se for preciso, só fazer alguns ajustes antes do grande dia.

A tradição é algo que pode ser usado a seu favor ao escolher o vestido para um casamento econômico. Sabe aquele vestido da sua mãe que está guardado na baú? Além de custar muito pouco reforma-lo, você ainda terá um vestido vintage e cheio de história para usar. Após uma ida à lavanderia para tirar qualquer amarelado do vestido, leve a peça à costureira para tirar medidas e fazer os ajustes que forem necessários. Se quiser, mudar um pouco a peça, também é possível, com rendas e brilhos. Você também pode conversar com primas ou amigas que se casaram há pouco tempo e perguntar se não podem emprestar ou alugar por um preço mais módico para você.

Em um casamento barato, se você for alugar seu vestido, procure por descontos em lojas de noiva, às vezes você consegue até mesmo comprar um vestido na liquidação e depois reforma-lo. Mas esqueça o primeiro aluguel, quando o vestido é feito para uma noiva específica e depois fica para a loja alugar. Nesse caso, o modelo fica bem mais caro. Se tiver tempo e disposição para procurar tecidos mais baratos, você pode até pedir para uma costureira conhecida fazer. Embora fazê-lo sob medida possa parecer mais caro, você pode encontrar uma costureira que faça por um preço razoável. Outra opção é comprar seu vestido pela internet, de sites que vendem peças da China ou de outros países, costuma sair bem mais barato que comprar por aqui.