Grupo musical X casamento a céu aberto: entenda os problemas

Centenas de casais sonham com um casamento a céu aberto, com o pôr do sol ao fundo compondo o cenário. Mas logo vem a preocupação com os dias chuvosos, que podem acabar com esse sonho. O que muitos desconhecem é que a chuva não é a única vilã de um casamento ao ar livre. Os músicos do grupo musical Jamile Fujishima – Musical Eventos esclarecem algumas questões que podem prejudicar a sonoplastia de um casamento e até gerar um prejuízo financeiro ao casal que vai se casar em chácaras e espaços sem coberturas e paredes.

Leia também: Conheça as 10 músicas para casamento mais buscadas na internet
Problemas comuns do pré-casamento: veja como resolver
Fotos criativas de noivos inspiram quem vai se casar

Grupo musical X casamento a céu aberto entenda os problemas

Grupo musical X casamento a céu aberto entenda os problemas (Foto: Divulgação)

Vento atrapalha a qualidade do som e a desenvoltura dos músicos

Não precisa ser um vendaval para destruir a trilha sonora perfeita do seu casamento. Um ventinho chato já atrapalha muito o trabalho dos músicos, a começar pelos ruídos captados pelos microfones, que são bem sensíveis nesse sentido. “Os microfones captam todo ruído do vento que acaba sendo amplificado nas caixas de som durante a cerimônia”, explica a cantora e empresária Jamile Fujishima.

Jamile Fujishima

Pense bem no local em que vai colocar os músicos do seu casamento (Foto: Divulgação)

E até na desenvoltura dos músicos o vento pode interferir. Imagine que no meio da cerimônia comece a ventar, e com a falta de paredes e cobertura no local em que os músicos estão alojados tudo começa voar, incluindo os papéis que contém as partituras. Para quem não sabe as partituras são responsáveis por mostrar o caminho que cada profissional deve seguir para tocar as canções com as melodias exatas, sem elas, o trabalho do músico complica muito, por isso, é bom proteger esses profissionais do vento.

Expor os músicos ao sol não é um bom negócio

Em todos os contratos de fornecedores o casal de noivos assina um termo de responsabilidade com relação aos equipamentos e objetos utilizados. Se quebrarem um vaso da decoração, por exemplo, muito provavelmente os custos de reposição deverão ser pagos pelos recém-casados, e é assim também com relação o conjunto musical contratada para tocar em seu casamento.

Jamile Fujishima grupo musical valinhos

Jamile Fujishima, fundadora do grupo e vocalista (Foto: Divulgação)

Os profissionais da empresa Jamile Fujishima – Musical Eventos explicaram que o contratante precisa proteger o grupo musical de ruídos sonoros que possam atrapalhar a execução do seu trabalho, da chuva e do vento, pois qualquer dano a equipamento é cabível de multa contratual. Nunca aconteceu de um cliente ter que pagar por algum problema nos equipamentos, mas algumas situações de risco sempre aparecem em casamentos ao ar livre e podem sim, gerar a execução dessa cláusula contratual.

Colocar a banda do seu casamento sob o sol, à espera da noiva chegar ou durante a cerimônia, pode danificar os equipamentos por muitos motivos. Para começar, o sol superaquece os equipamentos eletrônicos tais como: mesa, caixas de som, teclado, danificando o seu funcionamento.

Fora isso, o casal vai se decepcionar com o som do instrumento de percussão, que pode dilatar-se com o calor excessivo e desafinar completamente. Já no caso do sax, além de desafinar, o calor pode estragá-lo completamente com o descolamento de partes funcionais do instrumento.

Se o grupo musical contratada para o seu casamento tiver em sua composição o violino, baixo acústico, viola, violoncelo e outros instrumentos de cordas, colocá-los ao sol pode trincar ou descolar a madeira, danificando os instrumentos.

Mas algumas pessoas reticentes podem achar que uma hora de cerimônia sob o sol não é capaz de tamanho estrago. No entanto, vale lembrar que o grupo musical se expõe muito mais tempo nestas condições, pois os músicos geralmente são quase os primeiros a chegar e os últimos a sair.

Jamile Fujishima musical

Os instrumentos são bem delicados e os efeitos do sol e chuva podem estragá-los (Foto: Divulgação)

Por isso, para evitar um rombo financeiro em seu casamento porque o sonho de se casar no campo custou a vida útil de equipamentos e instrumentos musicais, o jeito é prestar atenção no local em que pretende dispor os profissionais que vão ditar a trilha sonora do seu casamento, colocando a banda em um espaço coberto e protegido do sol.

Proteger o grupo musical do sol, garante a qualidade do som, dos equipamentos e promove a saúde dos profissionais expostos aos raios UV, já que a exposição por longos períodos pode acarretar em desidratação e, futuramente, em câncer de pele.

Jamile Fujishima

O grupo Jamile Fujishima sempre aconselha os noivos a tomarem cuidado com os locais escolhidos para colocar os músicos para tocar (Foto: Divulgação)

Chuva e os problemas que podem comprometer a música ao vivo do seu casamento

E não precisa cair um dilúvio do céu para estragar a musicalidade da banda do seu casamento, pois apenas alguns pinguinhos podem trazer muitos problemas que você nem imagina. Água e madeira não combinam e por isso, é bom manter os profissionais que vão tocar no seu casamento longe da chuva.

O violino (assim como outros instrumentos de corda) pode apodrecer com facilidade se molhado. Fora isso, o instrumento pode empenar ou até entrar em curto circuito se molhado (no caso de eletrônicos). Já no caso dos instrumentos musicais que são compostos por metais a água pode oxidá-los (e a lista de instrumentos de metais é grande: sax, trompete, trombone, percussão, entre outros).

Agora que você sabe o quanto é importante proteger os músicos dos efeitos climáticos, invista em tendas com laterais fechadas e com cobertura que proteja do sol, vento e chuva. “Desse modo os músicos poderão trabalhar melhor e você elimina a possibilidade de danificar os equipamentos e instrumentos que têm custo de conserto caríssimo e mutias vezes, os danos irreparáveis.” explica Jamile Fujishima.

cuidados com a música do seu casamento

Confira alguns cuidados essenciais com os músicos em seu casamento (Foto: Divulgação)

Sobre o grupo Jamile Fujishima – Musical Eventos

O grupo Jamile Fujishima – Musical Eventos trabalha com uma grande variedade de instrumentos musicais para tornar o seu sonho realidade.  Sempre antenados com as novidades do mercado musical, a banda está há 10 anos no mercado. A musicista e cantora Jamile Fujishima foi a idealizadora do grupo e atua acompanhada por músicos de excelência e qualidade, especialistas nos instrumentos que tocam. A banda toca em casamentos, bodas, recepções e eventos corporativos.

Entre em contato com Jamile Fujishima – Musical Eventos através dos seguintes canais:

Telefones de contato: (19) 9 8314-9998
E-mail: 
arimile@yahoo.com.br
Facebook: www.facebook.com/JamileMusicasParaCasamentos
Site: www.jamilefujishima.com.br ou arimile.wix.com/jamile
Canal no Vimeo: vimeo.com/97384392